Seguro-viagem e coronavírus: como está a situação de quem precisa viajar?

O seguro-viagem é essencial para qualquer viajante, principalmente para viagens internacionais, mas você sabe o que mudou sobre ele com o atual cenário de pandemia por coronavírus?

Por consequência da pandemia do coronavírus, grande parte das viagens foram canceladas, sendo possível apenas aquelas que são essenciais, como em caso de trabalho ou para retornar ao país de origem, por exemplo.

Em casos de viagens inadiáveis, é preciso redobrar a atenção e os cuidados, afinal você não gostaria de se contaminar e contaminar as pessoas importantes do seu convívio, não é mesmo?


Como se preparar
Antes de viajar, procure saber quais as medidas recomendadas pelas autoridades de saúde de seu destino e lembre-se de segui-las, em conjunto com outras formas de precaução.

O uso de máscara, por exemplo, se faz obrigatório em todos os casos. Ter um álcool em gel sempre fácil também é fundamental para manter a sua saúde e segurança.

Contrate um seguro viagem, principalmente nesse momento de incertezas na saúde, e se atente para saber se a companhia possui cobertura para essa situação.

E lembre-se também de nunca levar as mãos aos olhas ou à boca! Inclusive, mantenha o máximo possível de distância de outras pessoas.
Estou com suspeita de Coronavírus, o que fazer?
Se está apresentando sintomas suspeitos, o ideal seria evitar ao máximo a viagem, porém caso isso não seja possível é preciso tomar alguns cuidados extras.

Além das máscaras, a Anvisa recomenda o uso de óculos de proteção, luvas e até mesmo aventais. Avise também a tripulação, para que eles possam tomar as medidas necessárias durante o voo.

Ao chegar, tome todas as medidas de isolamento, inclusive das pessoas que moram na mesma residência que você, até que os sintomas e o período de incubação do vírus passe.


O procedimento nos aeroportos
Os aeroportos são um problema considerável nesse momento, uma vez que são ambientes fechados, com pouca renovação de ar, e com um volume relativamente grande de pessoas, que vem e vão para inúmeros destinos.

Essa transitoriedade foi a principal responsável pelo alastramento do vírus. Por isso, para evitar ao máximo, a grande maioria dos aeroportos vêm tomando algumas medidas.

Primeiramente, o fato de que só estão sendo realizadas viagens estritamente necessárias e é muito importante ressaltar esse ponto: só quebre a quarentena se realmente precisar.
Ao sair, é obrigatório o uso de máscaras. Se atente às recomendações médicas na manutenção da sua máscara e a respeito das medidas de higiene.

No aeroporto, prefira realizar check-in por meio de terminais de autoatendimento, lembrando de lavar as mãos ou passar álcool em gel após cada etapa. Muitos aeroportos estão disponibilizando o álcool e higienizando os ambientes com uma maior frequência.
Em alguns locais estão sendo realizadas medidas de temperatura e outras formas de triagem, tanto no embarque quanto desembarque.


Seguro viagem e coronavírus
Não é nenhuma novidade que o seguro viagem é um dos principais acessórios para qualquer viagem. E, durante esse momento de pandemia, mais ainda.

Porém, cada seguradora possui uma determinada abordagem nos casos positivos de Covid-19. O seguro viagem não tem a obrigação de cobrir o tratamento para o viajante que contrair a doença em casos de pandemia ou epidemia, por isso é fundamental ler atentamente o contrato.

Algumas empresas como a Allianz Travel, Assist Card e Travel Ace continuarão cobrindo todos os gastos que a pessoa tiver em caso positivo, porém outras só irão cobrir os sintomas iniciais, porém após a confirmação a apólice pode ser suspensa ou ter algumas despesas canceladas. Nesses últimos casos, o paciente deverá seguir com o atendimento da rede local, seguindo o protocolo da OMS.

Linhas Áreas e Operadoras